quarta-feira, fevereiro 03, 2010

SERÁ QUE A PREFEITURA DE CURRAIS NOVOS PARTICIPARÁ DESSA REUNIÃO?

Dia 23 tem reunião para discutir instalação de UPA em Caicó


Nos dias 23 e 24 de fevereiro acontece em Santa Cruz uma importante reunião com representantes de Ministério da Saúde. O objetivo é discutir e acelerar a instalação de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em vários municípios do Estado, inclusive em Caicó, Santa Cruz, Natal e Pau dos Ferros, entre outros. As Upas devem ser implantadas agora em 2010, e nesta reunião os prefeitos serão convidados a escolherem um único projeto, válido para todas as cidades, na tentativa de acelerar o processo de instalação.

Aos gestores serão apresentados alguns modelos, usados em grandes capitais, como no Rio de Janeiro. A reunião para que os municípios se colocassem como responsáveis pelos projetos, foi deliberada na Comissão Intergestora Bipartite, dia 20 do corrente mês, presidida pelo ex-secretário de saúde de Caicó, Jalmir Simões, que atualmente responde pela mesma pasta em Santa Cruz.

Fonte: Marcos Dantas


Comentário do BLOG:

Será que Currais Novos participou no dia 20 de Janeiro da reunião da Comissão Intergestora Bipartite? Nessa reunião ficaram decididos os municípios que seriam responsáveis pelos projetos das Unidades de Pronto Atendimento no RN, assim como diz a notícia acima. Currais Novos é uma cidade de pouco mais de 43 mil habitantes e é a cidade pólo do Serido Oriental do Rio Grande do Norte, onde moram mais de 120 mil habitantes, nosso município tem plenas condições de sediar regionalmente uma unidade desse porte, assim como Caicó, Santa Cruz, Assu, Pau dos Ferros, Mossoró, Nova Cruz, João Câmara, dentre outros.

É preciso que tenhamos uma Prefeitura Municipal atenta aos Projetos Nacionais e Regionais, só assim receberemos recursos públicos de longo alcance social.


Um comentário:

coquetelmolotov disse...

com certeza! Mas devemos pressionar de todas as formas esta administração demo. Somente a ação parlamentar não basta é necessário mobilizar os funcionários da Saúde e trabalhar tb com o sindsaúde. É só convocá-los marcar reuniões. É necessário fazer reuniões nos bairros explicando a importância do projeto, senão tudo isso ficará isolado e com certeza é isso que eles querem.