quinta-feira, outubro 29, 2009

DILMA: AUSÊNCIA DO ESTADO PROVOCOU O CRESCIMENTO DO CRIME ORGANIZADO

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse hoje (29) que o crime organizado tomou conta das favelas porque o Estado deixou de estar presente nessas localidades.

“O crime invadiu essas regiões porque o estado simplesmente fugiu delas, porque no Brasil não se investia em favelas nem em bairros populares”, disse em entrevista a emissoras de rádio no programa Bom Dia, Ministro.

Dilma disse que é preciso fazer uma “disputa do bem” contra o tráfico no Rio de Janeiro no sentido de garantir a efetiva presença do estado nas regiões mais violentas. “É possível que a gente dispute com o tráfico e façamos essa disputa do bem que é de fato nossa presença efetiva, com a polícia, também, mas também com obras e com serviços públicos de qualidade para essa população.”

A ministra citou a parceria entres os governos federal,estadual e municipal do Rio de Janeiro nas obras que tem feito no Complexo do Alemão, Pavão-Pavãozinho, na Rocinha e em Manguinhos.

Fonte: Site PT nacional

Um comentário:

coquetelmolotov disse...

A violência é um problema profundo, uma dura expressão do capitalismo selvagem. Para acabar com ela, é preciso enfrentar a economia capitalista e também mexer com a polícia, o que significa atacar o Estado.